segunda-feira, 22 de junho de 2009

Notícia de Jornal - Luís Reis e Haroldo Barbosa
Tentou contra a existência do humilde barracão
Joana de tal, por causa de um tal João
Depois de medicada, retirou-se pro seu lar
Aí a notícia carece de exatidão
O lar não mais existe, ninguém volta ao que acabou
Joana é mais uma mulata triste que errou
Errou na dose
Errou no amor
Joana errou de João
Ninguém notou
Ninguém morou
Na dor que era o seu mal
A dor da gente não sai no jornal

4 comentários:

Yuri disse...

sempre me arrepia.
"errou na dose" é um ótimo verso

disse...

será que joão errou de joana? assim como joana errou de joão? ninguém, até agora, notou.

Yuri disse...

Tem como um acertar e o outro errar?

disse...

Yuri, segundo a regra, não. Mas, ambos erram ou acertam!? sempre há uma exceção... Talvez devessem voltar ao que acabou pra ver o que realmente se passou...